Sem categoria

Sindicato de educadoras e educadores lança coletivo para debater projetos antirracismo

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Amazonas (Sinteam) lançou no dia 27 de abril, o Coletivo de Promoção da Igualdade Racial. “Seguimos uma orientação da CNTE (Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação)”, explica Edson Brelaz, coordenador do coletivo recém-criado.

De acordo com Brelaz, toda a diretoria do Sinteam está empenhada na campanha conra o racismo. “Pretendemos levar esse debate para as escolas. O nosso trabalho de educadores é fundamental para com combater o racismo, a homofobia, o sexismo e todas as formas de preconceito e discriminação”, acentua.

A secretária de Promoção da Igualdade Racial da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), Mônica Custódio, acompanhou o lançamento, que aconteceu na sede do Sindicato dos Urbanitários do estado.

Além de Custódio, participaram representantes da CNTE, da União de Negros pela Igualdade, Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania, Secretaria de Educação e do Fórum Permanente dos Afrodescendentes do Amazonas.

Ela historiou a luta por direitos e cidadania dos negros e negras. Lembrou do genocídio negro pelo qual “todos os dias morrem violentamente crianças e jovens negros nas periferias das grandes cidades e a mídia não noticia, quando o faz é para criminalizar as vítimas”.

Brelaz se refere à omissão do Estado brasileiro em relação à Lei 10.639/2003, que determina o ensino de história da África, dos afrodescendentes e da cultura afro-brasileira.

E para piorar querem implantar a chamada Escola Sem Partido. “A criação do nosso coletivo vai atuar como uma ferramenta de combate a essa proposta que está na contramão da história”, afirma o dirigente do Sinteam.

Para o presidente do Sinteam, Marcus Libório, “o coletivo antirracismo só terá sucesso com o apoio e participação de todos e todas”. Ele defende ampla divulgação dos trabalhos do coletivo para inserir toda a sociedade no debate.

Portal CTB – Marcos Aurélio Ruy com informações do Sinteam

Compartilhar: