Sem categoria

Servidores do judiciário param por 24 horas

Os servidores do poder judiciário param as atividades nesta quinta-feira, 30, por 24 horas. A categoria realiza assembleia às 9h30 para avaliar as propostas do Tribunal de Justiça (TJ) e votar indicativo de greve. Com a paralisação, estão mantidos apenas a liberação de habeas corpus, liminar de plano de saúde, certidão de óbito e a realização de casamento agendado.

A categoria reivindica o pagamento de auxílio creche, capacitação para todos servidores, reajuste do ticket refeição e aumento de 5,9%. Os servidores tentam garantir este último item de reivindicação na justiça. Eles entraram com ação judicial, alegando que esse percentual é apenas uma reposição salarial.

O TJ já acatou alguns pontos da pauta, aceitando o reajuste do ticket, enviou um projeto para a Assembleia Legislativa para conceder auxílio creche para servidores com filhos de até sete anos e capacitação da categoria. O único ponto não definido foi o reajuste salarial.

Compartilhar: