Sem categoria

Servidores do Detran de Pernambuco decidem que greve continua

Categoria quer 5,74% de reposição da inflação, 10% de reajuste no salário e a volta da gratificação pela atividade de fiscalização nas ruas; Governo só negocia em outubro

No fim da manhã desta segunda-feira (20), os funcionários do Detran decidiram, em assembléia, continuar com a greve que dura 15 dias. A categoria pede 5,74% de reposição da inflação, 10% de reajuste no salário e a volta da gratificação pela atividade de fiscalização nas ruas.

O Governo do Estado anunciou que os servidores que participam do protesto terão descontados do salário os dias de greve e seus vencimentos de julho só serão pagos no dia 5 de agosto. A Secretaria de Administração (SAD) informou, ainda, que as negociações salariais com os servidores só serão retomadas em outubro.

Em nota à imprensa, a SAD afirmou que a remuneração média dos servidores cresceu 47,17% nos últimos dois anos e meio, o que coloca a categoria como a melhor paga entre os Detrans do país. A secretaria também declarou que vai realizar, até o mês de outubro, um estudo referente à implantação da gratificação de produtividade. Além disso, a SAD se comprometeria a fazer os descontos dos dias não trabalhados dos servidores em greve de forma escalonada nos meses de julho, agosto, setembro e outubro, o que seria uma solicitação da categoria. 

(Da Redação do pe360graus.com)

Compartilhar: