Sem categoria

Seleção Brasileira se apresenta e já está concentrada

 

O ônibus que levou a Seleção Brasileira do Rio de Janeiro a Teresópolis atravessou o portão de entrada da Granja Comary às 12h03, três minutos depois do horário previsto para o almoço dos jogadores. O atraso se deveu a protestos que dificultaram a saída do hotel em que a delegação havia se reunido no Rio de Janeiro.

Ao chegar à Granja Comary. os jogadores deixaram o ônibus, foram divididos em grupos e subiram até seus quartos em vans, pois a via de passagem até a concentração é muito estreita para o ônibus.

Depois do almoço, que estava inicialmente marcado para meio-dia, os atletas realizarão exames médicos. Ainda de acordo com a programação da Confederação Brasileira de Futebol para esta segunda-feira, há uma reunião agendada para o começo da noite.

Os 23 jogadores convocados pelo técnico Luiz Felipe Scolari – incluindo o lateral esquerdo Marcelo, do Real Madrid, liberado para se apresentar mais tarde depois da conquista da Liga dos Campeões da Europa – treinarão pela primeira vez na manhã de quarta-feira.

A estreia do Brasil na Copa está marcada para 12 de junho, frente à Croácia, em na Arena Corinthians, em São Paulo. Antes disso, o time de Felipão tem dois amistosos, contra Panamá (em 3 de junho, no Serra Dourada, em Goiânia) e Sérvia (três dias depois, no Morumbi, em São Paulo).

Protesto político

Aproximadamente 150 pessoas, em sua maioria militantes de partidos como o PSTU e o PSDB, misturados a alguns que se diziam professores da rede pública, realizaram um protesto em frente ao hotel onde o grupo estava reunido, o que atrasou a saída da Seleção.

Em Teresópolis, mesmo sem alvoroço, o clima de festa predominou sobre o de insatisfação. A escolta terrestre e aérea iniciada na capital se manteve até o interior da Granja Comary.

Instalações vistoriadas

Hospedado na Granja Comary desde a noite de domingo, o técnico Luiz Felipe Scolari aproveitou a manhã desta segunda-feira para vistoriar o gramado dos três campos de treinamento do local.

Acompanhado por Carlos Alberto Parreira (coordenador técnico) e Flávio Murtosa (auxiliar técnico), o treinador passeou calmamente pelos campos e, guiado por Rodrigo Paiva (diretor de comunicação da Confederação Brasileira de Futebol), também conheceu as áreas de imprensa.

Do Portal Vermelho, com informações da Gazeta Esportiva

Compartilhar: