Sem categoria

São Paulo se une à grande manifestação democrática do país em defesa da liberdade

A Praça da Sé foi palco, nesta quinta-feira (31), de mais uma manifestação histórica com a presença de milhares de democratas de todos os cantos e todas as cores do estado. “Cresce a mobilização em torno da defesa do Estado Democrático de Direito e da liberdade”, acentua Nivaldo Santana, vice-presidente da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB).ões

Para ele, a única forma de o Brasil retomar o crescimento é com a democracia. “As forças democráticas se unem para o país voltar a crescer, criando mais empregos com valorização dos salários”. Nivaldo acentua que “continuaremos nas ruas até barrar de vez esse golpe contra os interesses da maioria da população brasileira”.

Presente ao ato da Frente Brasil Popular juntamente com a Frente Povo Sem Medo, o ator e diretor de teatro Celso Frateschi vê com muita alegria a aproximação dos artistas com o povo nas ruas. “É fundamental neste momento ressaltar a mobilização de artistas de todas as áreas, participando ativamente deste amplo cordão contra a ameaça golpista”.

Já o presidente da CTB-SP, Onofre Gonçalves, reafirmou a importância de que essa mobilização se articule cada vez mais e “mantenha a sua presença nas ruas” para denunciar “a manipulação midiática contra os interesses nacionais”.

Em meio aos milhares presentes, Gicélia Bitencourt, secretária da Mulher da CTB-SP reforçou o convite para que a manifestação Mulheres pela Democracia que ocorrerá na próxima terça-feira (5). “As mulheres estão ocupando cada vez mais espaços e não podemos permitir retrocessos em nossas conquistas”, disse.

Aos gritos de “não vai ter golpe”, Rogério Nunes, secretário nacional de Políticas Sociais da CTB acredita que “estamos barrando o golpe, mas precisamos manter a articulação do movimento e cada vez mais trilhar o caminho da unidade de todas as forças que amam o Brasil e a liberdade”.

Marcos Aurélio Ruy – Portal CTB. Foto: Ricardo Stuckert

Compartilhar: