Sem categoria

PL 4330 coloca licença-maternidade de seis meses em risco

Fruto de intensa mobilização, a licença-maternidade de seis meses corre sério risco caso a lei da terceirização seja regulamentada. A categoria bancária foi uma das primeiras a conquistar o benefício, em 2009.

Se aprovado, o projeto de lei 4330 vai promover a pulverização das categorias. Sem forças para lutar, muitas conquistas serão perdidas. Um exemplo são os trabalhadores de call center de bancos.

Graças ao poder de luta dos bancários, esses funcionários os direitos da categoria. Mas com a terceirização, poderão ser integrados como profissionais de telemarketing e, desta forma, perder os direitos previstos na convenção coletiva, como a licença-maternidade.

Fonte: Sindicato dos Bancários da Bahia

Compartilhar: