Sem categoria

Mulheres da CTB se organizam para atividade de combate à violência

No  último dia 17, a Secretaria da Mulher Trabalhadora da CTB se reuniu, na sede da Central, para debater a construção da  atividade intitulada: “16 dias de ativismo contra a violência à mulher”.

O encontro contou com a presença de companheiras de diversas entidades filiadas e   das CTBs estaduais. Penso que devemos retirar as citações: (Fit Metal,Sindicato dos Marceneiros de SP, das secretarias da Mulher de MG,ES,MT,SP) e das representantes das CTBs  PR, RS,  BA.

A atividade “16 dias de ativismo contra a violência à mulher” foi debatida na reunião da Coordenadora das Centrais Sindical do Cone Sul, por ocasião do Fórum Social das Américas, realizada de 11 a 15 de agosto, em Assunção, no Paraguai.    Cinco das seis centrais brasileiras (CTB, CUT, Força Sindical, UGT e CGTB) estiveram presentes. Essa atividade será realizada no Brasil e o objetivo é envolver mais de mil pessoas, na luta contra esta terrível realidade de violência contra a mulher.

O evento  será promovido pela Coordenadora das Centrais Sindicais do Cone Sul e acontecerá no Brasil no dia 25 de novembro, em Porto Alegre. Participarão dessa atividade representantes do  Chile, Uruguai, Paraguai, Bolívia e Argentina.

Na reunião da CTB, as mulheres debateram a violência cotidiana a mulher trabalhadora, sobretudo o assédio moral. Definiram também que levarão esta discussão para seus estados e que ações  serão realizadas   em  locais de trabalho   com o objetivo de preparar uma delegação para participar do evento,  A   presença e ações de militantes da  CTB nestes 16 dias de ativismo será muito importante.

Portal CTB

Compartilhar: