Sem categoria

Joílson critica deputados do PSB que votaram contra Convenção 158

Em entrevista ao nosso portal na tarde desta quarta-feira (2-7), o sindicalista Joílson Cardoso, secretário sindical do PSB e membro da Executiva Nacional da CTB, criticou duramente os três parlamentares do Partido Socialista Brasileiro (PSB) que votaram contra a mensagem enviada pelo presidente Lula ao Congresso Nacional recomendando a ratificação da Convenção 158 da OIT, que impede a demissão imotivada.

A matéria foi votada na Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional da Câmara Federal. O relatório do deputado Júlio Delgado (PSB-MG), contra a convenção, foi aprovado por 20 votos a 1. Tal resultado representa uma vitória do forte lobby patronal e um revés para o movimento sindical. Além de Delgado, dois outros parlamentares do PSB votaram contra os interesses da classe trabalhadora: Marcondes Gadelha (PSB-PB) e Eduardo Lopes (PSB-RJ).

Jóilson afirmou que vai entrar com representação contra os três parlamentares junto à direção nacional do PSB. “Afinal”, disse o sindicalista, “todos os congressos do nosso partido definiram uma posição clara em defesa da Convenção 158 da OIT. Não podemos permitir que deputados socialistas votem impunemente contra os interesses da classe trabalhadora”, arrematou.

Compartilhar: