Sem categoria

#GrevePorDireitos: mais de 3 mil pessoas nas ruas de Goiânia para barrar retrocessos e por Diretas Já

As manifestações começaram muito cedo em Goiânia, capital de Goiás. Ailma Maria de Oliveira, presidenta da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil em Goiás (CTB-GO), conta que antes da 5h da manhã, vários militantes já estavam nas ruas para explicar os motivos da greve.

Ela afirma ainda que houve uma certa tensão causada pelo aparato da Polícia Militar, ocorreram alguns pequenos confrontos, mas de uma forma geral “correu tudo tranquilo”. Mais tarde os manifestantes se concentraram na Praça Cívica, centro de Goiânia, com participação de todas as centrais sindicais e movimentos sociais.

Depois, diz Oliveira, “marchamos para a Praça Bandeirante onde encerramos o ato gritando palavras de ordem contra as reformas trabalhista e previdenciária, contra a terceirização e também contra a criminalização dos movimentos sociais”.

Portal CTB

Compartilhar: