Sem categoria

Fetaemg defende Educação do Campo no Fórum Técnico Plano Estadual de Educação

A Federação dos Trabalhadores em Agricultura de Minas Gerais (Fetaemg) participou, na última sexta, 19/02, do painel “Superação das desigualdades educacionais: acesso e permanência dos alunos nas modalidades de educação especial, do campo, indígena, quilombola e socioeducativo”, realizado dentro do fórum técnico Plano Estadual de Educação (PNE), na ALMG.

Representando a Fetaemg, assessora de Educação do Campo da entidade, Ellen Vieira, defendeu que o modelo adequado para a educação deve contemplar todo um contexto, o tempo, a realidade e os saberes do campo.

Segundo ela, mesmo com a edição do primeiro marco regulatório em Minas, no ano passado, onde foram estabelecidas as diretrizes para a educação no campo, ainda são muito os desafios a serem enfrentados pela categoria, a começar pela incorporação das diretrizes ao Plano Estadual de Educação (PNE).

Para a Fetaemg, campo é espaço de produção de vida, de cultura, de conhecimento e não só de agricultura. Quando falamos em erradicar o analfabetismo, imaginem no campo, nos assentamentos. É uma grande responsabilidade. A garantia do direito à educação passa, entre outros pontos, pela formação específica para os professores, pela efetivação das conquistas e promovendo a participação na gestão escolar.

O debate é de extrema importância para a inclusão da comunidade rural nas políticas educacionais do estado e vai ao encontro do que foi defendido pela secretária de Estado de Educação, Macaé Evaristo, na abertura do evento.

Para a secretária estadual, o Plano Estadual de Educação deve respeitar o direito de todo cidadão à educação. “Queremos que todas as pessoas tenham direito à voz e à educação. Vamos calar qualquer fascismo no nosso Estado” afirmou. Para a secretária, a marca da construção do plano é que ele seja respeitoso e que possa compreender fundamentos diferentes, focado na defesa da vida.

A Fetaemg levará a discussão adiante nos próximos fóruns técnicos estaduais, que serão realizados em Coronel Fabriciano (26/02), Sete Lagoas (04/03), Montes Claros (11/03), retornando à Belo Horizonte nos dias 15 a 17/06.

Fonte: Fetaemg

Compartilhar: