Sem categoria

Encontro da Juventude da CTB-SP elege Coletivo e debate papel dos jovens trabalhadores

Dezenas de jovens trabalhadores e trabalhadoras participaram, no último sábado (18), do 2º Encontro da Juventude da CTB São Paulo, realizado na sede do Sindicato de Água, Esgoto e Meio Ambiente (Sintaema). A prioridade do encontro foi debater maneiras de unir a juventude trabalhadora ao movimento sindical e eleger o Coletivo Estadual.

 

A atividade serviu também para organizar a juventude paulistana para o 2º Encontro Nacional que acontece, entre os dias 28 e 30 de junho, na sede da Federação de Trabalhadores na Agricultura do Estado de Minas Gerais (Fetaemg), em Belo Horizonte

O encontro estadual reuniu a juventude cetebista dos correios, metalúrgicos, professores, saúde, serviço públicos, metalúrgicos, construção civil, da capital e de diversas regiões como São José do Rio Preto, Sorocabana, Campinas, Mauá e Santos, que aprofundaram a discussão sobre o real papel do jovem sindicalista.

 

2encontro juventude5

A abertura do evento foi marcada pela presença do presidente da CTB-SP, Onofre Gonçalves, que destacou a importância da mobilização dos jovens trabalhadores para avançar nas mudanças, e fortalecer a luta geral da classe trabalhadora. “A luta da juventude é primordial para essa sociedade e para seguirmos na defesa de um projeto que inclua a valorização do trabalho. Porque se nós analisarmos a classe trabalhadora, a maioria é composta por jovens. O movimento sindical precisa se dinamizar, adequando-se a essa nova realidade que estamos vivendo. Para que de fato tenhamos entidades sindicais que possam representar a juventude trabalhadora. Estamos vivendo no Brasil um momento muito importante e decisivo para o futuro da nossa nação”, afirmou Onofre.

Após a abertura, Paulo Vinícius, secretário da Juventude da CTB nacional, apresentou uma análise de conjuntura, alertando os participantes para questões relevantes como organização do segmento e maior participação dentro do movimento sindical e político. “Precisamos fazer a nossa parte enquanto geração para esse empreendimento coletivo, que é a CTB, e disputar a hegemonia dos trabalhadores, porque são eles que movem o estado de São Paulo, que geram as riquezas que existem. É a classe trabalhadora que pode construir o socialismo. Trabalhador para nós vale muito, é a razão de existir a nossa central, da nossa luta pelo socialismo e a razão pela qual muitos de nós estão no movimento. Então não podemos tratá-lo como um movimento que se resume às campanhas salariais, que não tem tarefas políticas de maior relevo”, destacou Paulo Vinícius.

2encontro juventude6

2encontro juventude7

Na segunda parte do encontro, os jovens trabalhadores contribuíram com propostas para o documento, que será construído pelo Coletivo, e trouxeram ao debate questões relevantes como redução da maioridade penal, papel da comunicação para os jovens, renovação, participação em Conselhos da Juventude, defesa de investimentos na educação, valorização do jovem trabalhador, entre outras.

Jeremias Ferreira dos Santos, dirigente do Sintaema, chamou a atenção dos participantes para a pressão existente dentro das empresas para evitar que o trabalhar participe da luta sindical. “Daí a importância de levar conscientização à juventude para a luta da categoria, sua organização e participação no movimento sindical. Ainda existe muito assédio moral por parte da empresa, principalmente, relacionado aos jovens. Só organizados avançaremos nessa luta”, afirmou.

Ao final os participantes ratificaram a escolha do novo Coletivo da Juventude da CTB-SP composto por jovens de diversas categorias.  “Finalmente chegamos ao final desse grande encontro, que mobilizou jovens de diversas categorias, e deliberou sobre questões importantes relativas à conjuntura relacionada ao jovem trabalhador. Dessa forma, esse coletivo que foi eleito terá o papel de conduzir nos próximos anos essas demandas para darmos nossa contribuição efetiva ao conjunto da classe trabalhadora. Precisamos dessa juventude aguerrida e trabalhadora que entenda o real papel da luta sindical”, frisou o secretário Estadual de Juventude da CTB, Adroaldo Negreiros.

2encontro juventude3

2encontro juventude4

{youtube width=”505″ height=”450″}2Wmeh1hSVkg{/youtube}

Após a eleição do coletivo e a entrega dos certificados, uma animada confraternização encerrou o encontro dos jovens cetebistas.

Por Cinthia Ribas – CTB-SP

Compartilhar: