Sem categoria

CTB/SE denuncia arbitrariedade do Ministério da Economia

Contra a onda de retirada de direitos que ganhou ainda mais força na gestão Jair Bolsonaro, a CTB Sergipe se somou aos servidores da Fundação Nacional de Saúde (FUNASA) em ato contra decisão do Ministério da Economia que suspendeu a gratificação por insalubridade.

“A CTB Sergipe estará vigilante e lutando para reverter essa decisão que, além de abusiva e arbitrária, expõe os trabalhadores e trabalhadoras à condições degradantes”, registrou o presidente da CTB Sergipe, Adêniton Santana.

O dirigente informou que a central acompanhará o caso e buscará soluções para garantir o direito dos servidores e servidoras da Funasa.

CTB Sergipe

Compartilhar: