CTB-RJ repudia declarações racistas de secretário Municipal de Educação de Crivella

Benjamin, secretério de Educação da gestão Marcelo Crivella no Rio de Janeiro quer que as raças “se fodam” (Foto: Extra)

A Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil, seção Rio de Janeiro (CTB-RJ), através de sua Secretaria de Políticas de Promoção à Igualdade Racial, repudia com veemência as declarações racistas do Secretário Municipal de Educação, César Benjamin. Em suas redes sociais, Benjamin destila todo seu preconceito chamando a luta do povo negro de “idiotice racial” e desejando que as raças “se fodam”. 

Secretário, nós, o Sindicalismo Classista, repudiamos suas declarações. O que chama de idiotice é a luta de todo um povo cujo sangue está manchado no solo desse país com nosso passado escravocrata. O senhor ironiza a luta de um povo que recebe os menores salários, tem as maiores jornadas e que é a maior vítima de crimes de violência.

Nos assusta ver que o titular da pasta da Educação usa termos tão vulgares mandando todas as raças para locais que jamais deveriam estar presentes em posicionamentos de homens públicos da sua envergadura. Que educação podemos esperar para nossos filhos? Aquela que nega a existência majoritária de negros entre nós, como o senhor ousou dizer em sua rede social?

A educação pública da capital fluminense não pode ter à frente uma figura que não tem pudor em expor seu racismo aos quatro ventos. César Benjamin não representa o povo carioca e não pode seguir à frente da pasta que vai garantir a educação de nossa juventude enquanto não rever seus conceitos racistas.

Racistas não passarão!

Rio de Janeiro, 21 de Novembro de 2017

Mônica Custódio – Secretária Nacional de Promoção à Igualdade Racial da CTB

Fagner Lopes – Secretário Estadual de Promoção à Igualdade Racial da CTB-RJ

Compartilhar: