CTB-RJ convida população a tomar as ruas em defesa de uma aposentadoria digna

“Os cariocas garantem muita resistência à reforma da previdência no Dia Nacional de Lutas, nesta terça-feira (5)”, diz Paulo Sérgio Farias, o Paulinho, presidente da CTB-RJ. A partir das 14h, as centrais sindicais e os movimentos sociais farão ato em frente ao INSS, à rua Pedro Lessa, no centro da Cidade Maravilhosa.

“A sociedade está se mobilizando para defender o seu direito a uma aposentadoria digna. A CTB vai para as ruas para barrar os retrocessos e em defesa de avanços nos direitos trabalhistas. Não queremos escravidão”, afirma.

Já ás 16h será a vez da Candelária ficar lotada. “A CTB mostra que é de luta. Não tem arrego, mesmo sem votação da reforma da previdência nesta quarta (6), precisamos mostrar unidade para o governo saber que vai ter luta”, garante Kátia Branco, secretária da Mulher da CTB-RJ.

Paulinho lembra que haverá solenidade na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro na segunda-feira (11), às 9h para comemorar os 10 anos da central que mais cresce no Brasil, “a nossa CTB”, diz.

Portal CTB 

Compartilhar: