Sem categoria

CTB-ES convida para o seminário “Saúde LGBT: avanços e perspectivas na atual conjuntura”

A nova secretária de Igualdade Racial da Cental dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil no Espírito Santo (CTB-ES), Adriana Silva, convida a todas e todos para participarem do seminário “Saúde LGBT: avanços e perspectivas na conjuntura atual”.

De acordo com ela, a CTB-ES é uma das promotoras do evento. “Sabemos da imensa dificuldade que os LGBTs enfrentam no mercado de trabalho e na vida, por isso estamos debatendo, primeiramente a questão da saúde, onde os movimentos indentitários sofrem enorme prconceito”, garante.

O seminário ocorre no Museu Capixaba do Negro, na avenida República, 121, centro de Vitória. Participe!

Programação:

14h – Composição Mesa de Abertura

Dra. Henriqueta Sacramento
Presidenta Conselho Municipal de Direitos Humanos

Marcos Antonio da Silva
Presidente Estadual UNALGBT-ES
Diretor LGBT da CTB-ES

Nara Borgo
Secretária Municipal de Direitos Humanos de Vitória

Dra. Vivian Almeida
Coordenadora do núcleo Direitos Humanos Defensoria Pública-ES

Thais Souto
Coordenadora do Museu Capixaba do Negro

Edson Ferreira
Coordenador de Diversidade Sexual UNEGRO-ES

Welington Nascimento
Presidente UNEGRO-ES

14h30 Mesa Redonda

Palestra Situação DST-AIDS na Grande Vitória
Dra. Taciana Cristina Freitas de Lima

Palestra Políticas Públicas prevenção doenças sexualmente transmissíveis em Vitória
Sr. Laure Marinho Zademberg
Diretor Programa DST-AIDS Secretaria Saúde Vitória

Palestra Situação dos transexuais presídios capixabas
Sra. Débora Sabará
Presidenta GOLD

Palestra Análise da conjuntura “Desafios e perspectivas para a comunidade LGBT na atual conjuntura!
Profa. Heloísa Ivone da Silva Carvalho
Coordenadora da CEAFRO-SEME
Diretora de Educação e Cultura UNEGRO-ES

16h Debate do plenário

17h Homenagem Personalidade LGBT 2017

18h Coquetel de encerramento e apresentação Cultural

Igualdade racial

Silva aproveitou para falar sobre a criação da Secretaria de Igualdade Racial no último congresso da CTB-ES. “Foi um avanço pois no mundo do trabalho ainda persiste uma naturalização da desigualdade racial. Neste sentido a criação da secretaria é  uma oportunidade de desconstruir esteriótipos racistas através da conscientização. Outro ponto importante é promover  o debate e ações  que elevem a consciência da classe trabalhadora nos sindicatos de base da CTB no estado também do ponto de vista étnico racial”.

Portal CTB – Marcos Aurélio Ruy

Compartilhar: