Sem categoria

CTB comemora aprovação do Estatuto da Juventude

“Foi uma verdadeira invasão dos movimentos de juventudes ao Palácio do Planalto”, expressou o secretário nacional da Juventude Trabalhadora da CTB, Paulo Vinícius, que participou na cerimônia de sanção da lei que institui o Estatuto da Juventude, realizada na última segunda-feira (5), em Brasília.  

Cerca de 800 pessoas puderam mostrar a unidade nesta luta que durou mais de 10 anos. “Foi muito simbólico a presidenta dialogar com juventude”, disse, ao citar a importância desta carta de direitos para os jovens brasileiros (entre 15 e 29 anos). 

Com ele está assegurado que 40% dos ingressos sejam destinados à meia-entrada.“É um incentivo do Estado para que os jovens frequentem as escola, fundamental para os direitos da juventude”, destacou o dirigente. A nova legislação inclui o benefício para os jovens de famílias com renda mensal de até dois salários mínimos. 

Paulo Vinícius explicou que o estatuto permite que existam legislações e políticas reunindo os órgãos de juventudes em todo o país. “A partir deste marco legal será possível implementar leis municipais para os jovens”.O secretário destacou ainda a contribuição da central sindical na formação do debate pelos direitos juvenis. “A CTB está desde o começo nesta luta pelos direitos dos jovens brasileiros ”, lembrou. 

Durante o evento a presidenta Dilma falou sobre o papel dos jovens na mudança do Brasil e mencionou em seu discurso sobre a participação popular na reforma política e da luta pela destinação de 10% do PIB para a educação. Também estiveram presentes os secretários da juventude da CTB, Vitor Espinoza e Juliana Matias, do Rio Grande do Sul e de Minas Gerais, respectivamente. Além da presidenta da União Nacional dos Estudantes (UNE), Vic Barros, do presidente do Conselho Nacional da Juventude (Conjuve), Alessandro Melchior, da presidenta da União Brasileira de Estudantes Secundaristas Manuela Braga entre outros. 

Também foi criado o Observatório Participativo, uma página na internet, que tem o objetivo de servir como uma mediação entre o governo e os jovens, para que sejam discutidos temas e divulgando informações pertinentes à criação de políticas públicas.

Érika Ceconi – Portal CTB

Compartilhar: