Sem categoria

Conecom SC aprova propostas para a Conferência Nacional

A criação de uma defensoria pública especializada em cultura digital e mídia comunitária é uma das 450 propostas aprovadas pela Conferência Estadual de Comunicação de Santa Catarina (Conecom –SC)  que encerrou suas atividades neste domingo  (15).

 Estas propostas serão encaminhadas à Comissão Organizadora Nacional da 1ª Conferência Nacional de Comunicação (1ª Confecom) que acontecerá entre 14 e 17 de dezembro, em Brasília. A defesa de um novo marco regulatório de comunicação foi o tema de destaque na etapa catarinense, que apresentou entre suas propostas a criação de uma defensoria pública especializada em cultura digital e mídia comunitária.

A Conecom-SC mostrou a unidade dos três segmentos (sociedade civil, sociedade civil empresarial e poder público) nas elaborações das propostas. Cássio Giovani Turra, representante da Associação Brasileira de Rádios Comunitárias (ABRAÇO) na Comissão Organizadora Estadual, definiu como produtivos os debates. “Podemos ter avanços efetivos em relação às rádios comunitárias e em algumas questões pontuais como a necessidade de observação de parâmetros mínimos de produção de conteúdo dentro dos meios de distribuição”, disse.

Com um total de 251 credenciados, Santa Catarina elegeu 45 delegados que representarão o estado na etapa nacional; 20 representantes da sociedade civil, 20  delegados da sociedade civil empresarial e cinco para poder público.

Compartilhar: