Comerciários do Rio de Janeiro aprovam greve geral

Após uma semana de paralisações no comércio da capital carioca, os trabalhadores e trabalhadoras do Comércio participam de assembleia e aprovam GREVE GERAL a partir da 00h00 do dia 7 de agosto. A deliberação ocorreu nesta terça (31), na sede do Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro. 

 

Foto: Dara Bandeira/Comerciários

“Estamos há meses em uma negociação que não anda. Estamos na luta pela valorização do comerciário. Agora é valorização, ou GREVE GERAL no comércio!”, avisa a presidente interina da entidade, Alexsandra Nogueira.

“As empresas querem legalizar o trabalho escravo em nossa Convenção Coletiva de Trabalho, mas não vamos aceitar nenhuma retirada de direito. Essa assembleia pode ser o grito de liberdade dos trabalhadores e das trabalhadoras do comércio”, defendeu o presidente licenciado Márcio Ayer.

Alexsandra acrescenta que até dia 7, a direção do Sindicato vai se encontrar com os comerciários, dentro ou fora das lojas, para organizar as paralisações. Outras orientações serão dadas pelos canais da entidade.

6 recados da Assembleia:

1 – “A principal ferramenta de luta é a unidade. Só com ela teremos conquistas”, Marcelo Black, secretário-geral do Sindicato e gerente da loja Reserva.

2 – “Todos juntos contra os patrões”, M.H., operadora de caixa do Mundial.

3 – “Contamos com o apoio de todo o movimento sindical carioca para construir esta greve”, José Cláudio, diretor do Sindicato e açougueiro dos supermercados Unidos.

4 – “Não vai ter arrego! Ou negocia ou vamos parar”, M.M., vendedor da loja Ricardo Eletro.

5 – “A exploração no comércio é um tapa na cara da sociedade. Os clientes também estarão com a gente”, Paulo Henrique, diretor de Sindicato e vendedor da Seg Imagem.

6 – “Não podemos aceitar só 1,5% de jeito nenhum. Queremos aumento, mas não serve qualquer coisa. Nos mercados também exigimos de volta os 100% do feriado”, W.F., funcionário dos supermercados Extra.

Sindicato na paralisação da Casa & Vídeo e Lojas Americanas
Foto: Dara Bandeira/Comerciários

Diretora Darlana Santiago, que trabalha nas Lojas Americanas, manda o papo para os colegas durante paralisação na Uruguaiana
Foto: Dara Bandeira/Comerciários

Paralisação: diretoria do Sindicato à frente das Lojas Americanas da R. Uruguaiana
Foto: Dara Bandeira/Comerciários

Portal CTB – Com informações do Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro.

Compartilhar: