Sem categoria

Comerciários do Rio confirmam a não-abertura de vários shoppings na segunda do Carnaval

Pressionados, vários shoppings já anunciaram que vão respeitar a tradicional folga dos comerciários na Segunda-feira de Carnaval (27/02). Além de Shopping Tijuca, Barra Shopping/New York Center e Rio Sul, que já haviam confirmado que não haveria expediente, engrossaram a lista o Botafogo Praia Shopping, Shopping Leblon, ParkShopping Campo Grande, Village Mall e ParkShopping Sulacap. Em alguns haverá funcionamento apenas dos cinemas e praças de alimentação. No Rio Design Barra e Américas Shopping a abertura das lojas será facultativa. A pressão continua para que outros grandes centros comerciais como Norte Shopping, Nova América e Bangu Shopping respeitem os trabalhadores e tenham bom senso.

“Os trabalhadores estão cada vez mais indignados. Sabem que vai ser difícil circular pela cidade e que a insegurança no período de Carnaval também vai aumentar. Muitos comerciários se preocupam que possam acontecer arrastões, com a bandidagem aproveitando o fato de que o policiamento estará concentrado nos locais em que haverá atividades de carnaval. Mesmo assim o Sindilojas e alguns shoppings não estão nem aí, contrariando até os donos das lojas, que sabem que o custo operacional será maior do que o faturamento no Carnaval. Há uma grande insatisfação de trabalhadores e lojistas. Esses shoppings estão brincando com fogo. Não desistiremos e vamos continuar pressionando junto com os trabalhadores”, promete o presidente do Sindicato dos Comerciários, Márcio Ayer.

Proposta recusada – Não houve acordo na nova rodada de negociações entre patrões e Sindicato dos Comerciários do Rio sobre a Segunda-feira de Carnaval, que aconteceu nesta terça e quarta-feira (14 e 15/02), na Superintendência Regional do Trabalho (SRTE). O Sindicato propôs o não funcionamento de 100% dos Shoppings e, em troca, oferecia a autorização para a maratona de vendas no fim do ano. O Sindilojas e representantes dos shoppings recusaram a proposta. Queriam a permissão do fim de ano, mas sem o compromisso com o não funcionamento total dos shoppings. “Abrir na segunda de carnaval custa caro e não compensa. Estamos abertos ao diálogo. Com os shoppings que não abrirem na Segunda, vamos conversar sobre a maratonas de vendas. Com os que abrirem, o papo vai ser diferente. Também vamos lutar na próxima campanha salarial para alterar as cláusulas relacionadas a esse assunto”, avisa o presidente Márcio.

Do SEC-RJ

Compartilhar: