Sem categoria

Coletivos de Comunicação e Formação debatem a Política de Comunicação Integrada da Contag

Começaram na última segunda-feira (27) as reuniões dos Coletivos Nacionais de Comunicação e de Formação da Contag. Representantes de todas as Federações, entre dirigentes, jornalistas e assessores, se reúnem para debates específicos destas áreas.

No caso da Comunicação, está sendo apresentada e discutida a nova Política de Comunicação de Comunicação Integrada da Confederação e socialização das experiências realizadas por setor nas FETAGs e STTRs, como a produção de seus materiais jornalísticos e publicitários. No caso da Formação, estão sendo apresentadas as últimas atividades da Secretaria de Formação e Organização Sindical, reflexões sobre seus resultados, discussões sobre a Política Nacional de Formação e o Projeto Político Pedagógico, e encaminhamentos voltados para o 11º Congresso Nacional de Trabalhadores(as) Rurais.

No período da manhã, o Comitê de Comunicação da Contag, composto pelo presidente Alberto Broch, pela secretária de Mulheres, Carmen Foro, e pelos secretários Juraci Souto (Formação e Organização Sindical), Aristides Santos (Finanças) e David Wylkerson (Secretaria Geral), fez a abertura do evento, dando as boas vindas aos participantes e fazendo reflexões sobre a importância da comunicação para o Movimento Sindical de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (MSTTR), o que ela representa, seus novos papéis, bem como a estratégia das federações, sindicatos e confederação investirem nessa área, entre outras abordagens nesta linha.

Todos os dirigentes convergiram no discurso de que a comunicação possui um papel estratégico na disputa política em defesa do trabalhador frente a esse modelo de produção que explora a mão-de-obra, expulsa agricultores do campo e impacta o meio ambiente. “A comunicação deve ser entendida pelos nossos dirigentes e assessores como uma ferramenta estratégica de luta na organização e fortalecimento do nosso movimento sindical.

Estamos passando por um período de transição na nossa comunicação, onde deixamos de ter um serviço terceirizado para uma equipe e estrutura próprias. Precisamos do apoio e da contribuição das nossas federações e sindicatos para fortalecer essa proposta, que visa construir uma política integrada do nosso MSTTR”, disse Alberto Broch.

No primeiro momento, os dois Coletivos estiveram juntos conversando sobre a transversalidade da comunicação e da formação. Foi apresentado um histórico das deliberações de todos os Congressos Nacionais realizados pela Contag sobre essa questão e sobre qual a política de comunicação mais eficiente para o MSTTR.

Após a apresentação da nova política de comunicação, aprovada no último Conselho Deliberativo da Confederação (em julho desse ano), todos deram suas opiniões e sugestões para a sua implementação e enriquecimento. No fim da tarde, os coletivos iniciaram as atividades específicas.Os secretários Natalino Cassaro (Terceira Idade) e Antoninho Rovaris (Agrícola) também participaram dos debates durante o dia.

O Coletivo de Comunicação encerra-se nesta terça-feira (28). Já o de Formação segue até a próxima quarta-feira (29). 

Fonte: Contag

Compartilhar: