Sem categoria

Centrais preparam ato em SP para relembrar os 50 anos do golpe de 1964

A CTB e as demais centrais que integram o Coletivo Sindical de apoio ao Grupo de Trabalho “Ditadura e Repressão aos Trabalhadores e ao Movimento Sindical” promoverá, no dia 1º de fevereiro, um ato unitário em São Bernardo do Campo.

Sob o tema “Unidos, Jamais Vencidos” a atividade, que faz parte das ações que buscam resgatar a memória e a verdade dos fatos ocorridos durante a ditadura militar no país, irá homenagear os trabalhadores e sindicalistas.

A região do ABC, Grande São Paulo, foi um dos principais focos de resistência ao golpe militar, o local é historicamente conhecido como polo da indústria automobilística no país, com a presença de diversas multinacionais.

Dentre as mobilizações populares que aconteceram contra as intervenções e perseguições que eram realizadas nos sindicatos, uma das mais marcantes foi a de 1979, quando os metalúrgicos do ABC deflagraram uma greve geral, este foi o primeiro movimento de massas da classe operária depois de 1964.

De acordo com o secretário de Políticas Sociais da CTB, Rogério Nunes, este ato é de extrema importância para lembrar da resistência e o papel de destaque que os sindicalistas da região tiveram no enfretamento ao golpe.

No dia, os trabalhadores ou seus famíliriares receberão um diploma de reconhecimento por sua luta, o documento terá a assinatura de todas as centrais sindicais. Segundo os organizadores a atividade pretende também  recordar os 50 anos do golpe militar instaurado em 31 de março.

Para saber outras notícias sobre a Comissão da Verdade acesse o site e o facebook do GT.

Serviço:
Ato Sindical Unitário – “Unidos, Jamais Vencidos”
Quando: 1º de fevereiro
Horário: 13h00
Onde: Teatro Cacilda Becker – Praça Samuel Sabattini, nº 50 – Paço Municipal de São Bernardo do Campo 


Leia também:
Coletivo Sindical debate trabalhos da Comissão Nacional da Verdade

Portal CTB

Compartilhar: