Sem categoria

Centrais apresentam reivindicações da 6ª Marcha ao presidente Lula

As centrais sindicais se reuniram na quinta-feira (12) com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva para apresentar a pauta de reivindicação da 6ª Marcha da Classe Trabalhadora. O presidente se comprometeu em agendar uma reunião com os líderes dos partidos aliados para debater todos as reivindicações, demonstrando o seu apoio para que as matérias sejam colocadas em votação.

As centrais também reclarmaram ao presidente dos abusos das empresas que acionam a Justiça para impedir protestos e greves dos trabalhadores, com os interditos proibitórios. O não cumprimento da ação pode penalizar os sindicatos com elevadas multas.

A CTB considera que a Lei de Greve já determina as questões legais, sendo que o interdito proibitório é desnecessário e autoritário, pois interfere no direito constitucional de livre manifestação e organização sindical.

O presidente Lula se comprometeu em agendar para a próxima semana vai encaminhar esta reivindicação das centrais.

A pauta das centrais sindicais que foi entregue na Câmara, no Senado e ao presidente Lula, tem as seguintes reivindicações:

– Redução da Jornada de Trabalho para 40 horas;

– Valorização do salário mínimo – aprovação do PL 01/07;

– Ratificação das convenções 151 da OIT – negociação no serviço público;

– Ratificação da convenção 158 da OIT – contra a demissão imotivada;

– Não a precarização – retirada dos PLS de terceirização – 4302/98 e 4330/04;

– Contra o trabalho análogo ao escravo – aprovação da PEC 438/01.

Compartilhar: