Sem categoria

Após acordo com governo estadual, policiais e bombeiros do Rio Grande do Norte encerram greve

Os policiais civis e militares e bombeiros militares do Rio Grande do Norte decidiram aceitar o acordo proposto pelo governo estadual, pondo fim às mobilizações iniciadas no dia 20 de dezembro. Segundo a assessoria do Sindicato dos Policiais Civis e Servidores da Segurança Pública do Rio Grande do Norte (Sinpol-RN), o atendimento à população nas delegacias já está sendo imediatamente normalizado.

A retomada do trabalho pelos policiais e bombeiros militares se deu após o governo estadual se comprometer em atender a diversas reivindicações da categoria, entre elas o pagamento de salário atrasado e 13º e melhoria nas condições de trabalho, além de assumir um termo de compromisso de que não irá punir os trabalhadores que participaram do movimento grevista.

O governo prometeu renovar viaturas, pagar os salários de dezembro até o dia 12 e o de janeiro, até o dia 31 deste mês. 

A CTB-RN se solidarizou com o movimento dos trabalhadores da área de segurança pública do estado, vítimas de um brutal sucateamento do setor, com atraso no pagamento dos salários, e avaliou o desfecho da negociação como uma vitória do movimento.

“O direito dos trabalhadores com relação à sua subsistência foi um dos primeiros direitos a serem reconhecidos pelas legislações trabalhistas inglesas do século XIX e, portanto, essa garantia é a base de qualquer relação de trabalho, em qualquer setor. 

O atraso do pagamento dos salários dos servidores públicos estaduais atingiu boa parcela da sociedade potiguar e a situação tem se agravado e a CTB não pode deixar de reiterar que o governo estadual é o responsável para solucionar esse grave problema, não cabendo o ônus dessa decisão recair sobre os trabalhadores”, diz nota de apoio aos servidores públicos lançada pela CTB-RN, presidida por Wellington Duarte

Portal CTB

 

Compartilhar: