Greve nacional contra a PEC 32 na quarta-feira

Trabalhadores e trabalhadoras do setor público das três esferas da federação brasileira estão em pé de guerra contra a PEC 32, uma séria ameaça não só aos direitos dos servidores como também aos serviços públicos e ao próprio Estado nacional.

Em resposta à proposta de emenda constitucional, também anunciada como a reforma administrativa de Jair Bolsonaro, está sendo convocado para a próxima quarta-feira, 18 de agosto, um Dia Nacional de Luta, que compreenderá greve geral do setor público temperado com manifestações em todo o país.

Em São Paulo o ato, que está sendo convocado pelo Sindicato dos Educadores da Infância (Sedin) e outras entidades, ocorrerá um ato do fórum das entidades sindicais diante da Prefeitura, às 14 horas, seguido de uma manifestação na Praça da República, às 15 horas.

Compartilhar: