Robôs bolsonaristas crescem na internet

Por Altamiro Borges

A eleição deste ano será uma guerra suja e violenta e a internet será um dos seus principais campos de batalha. As milícias digitais fascistas já estão em plena atividade. O site Congresso em Foco informa que “sete em cada dez novos seguidores bolsonaristas são robôs”. O levantamento foi feito pela plataforma Bot Sentinel, que analisou as contas de barulhentos aliados do “capetão”.

Desde o final de abril, alerta o site, “os perfis de aliados e familiares de Jair Bolsonaro (PL) têm visto suas contas no Twitter inchar, subitamente, com dezenas de milhares de novos seguidores”. O balanço, com base em cinco redes de comparsas do presidente, concluiu que 67,4% do total são de contas consideradas não autênticas, ou robôs.

“Esse é um movimento muito incomum. Todas essas contas foram criadas a partir de 25 de abril e não apresentam nenhuma atividade”, explica Christopher Bouzy, criador do Bot Sentinel. A plataforma analisa e identifica perfis considerados robôs ou bots, que são uma aplicação de software concebido para simular ações humanas repetidas vezes de maneira padrão.


Zambelli e Flávio Rachadinha

A deputada Carla Zambelli (PL-SP), por exemplo, arrebanhou 101.867 novos seguidores neste período. “Porém, 54.483 desses perfis são de contas consideradas não autênticas, 53,48% do total, segundo o Bot Sentinel. A plataforma disponibilizou a lista dos novos perfis, seus IDs e quantidade de tuítes postados para comprovar a data da criação e a inatividade dos novos seguidores”.

Outro beneficiado com a multiplicação de seguidores foi o filhote 01 do presidente, o senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ), que ganhou 75.702 novos seguidores e se jactou nas redes sociais dos seus novos fãs. “De acordo com o Bot Sentinel, 61,9% desse total, o que corresponde a 46.868 seguidores, têm características de perfis não autênticos. Ou seja, bots”.

“Apostas de Bolsonaro nas eleições de 2022, os ex-ministros Damares Alves e Tarcísio de Freitas também viram as suas contas no Twitter receber uma enxurrada de novos seguidores. Damares, pré-candidata ao Senado pelo Distrito Federal, acumulou, 60.217 novos followers, sendo que 39.863 deles são de contas não autênticas. Já Tarcísio, que deve disputar o governo paulista, emplacou 83.244 seguidores. Do total, 64.765 também de contas com autenticidade questionada”.

Compartilhar: