“Lula teve até IPad de netos confiscados, por que messias não pode ter o telefone?”, pergunta Pedro Cardoso

Publicado no DCM – Do Instagram do ator Pedro Cardoso, ex-Globo:

Heleno diz ser inconcebível Messias ter o seu telefone confiscado.

Porque seria?

Messias está a cima da lei?

Como pode Heleno supor que sabe ele que Messias não é um criminoso se a investigação dos crimes supostos está apenas no começo? Talvez no celular de Messias existam provas de seus eventuais crimes, para os quais existem fortes indícios, a suspeita tendo sido lançada por ex-ministro dele que até ontem o mesmo Heleno admirava. As forças armadas brasileiras parecem mesmo se considerar merecedoras de uma lei só para elas, diferente da de todo mundo.

Lula teve até ipad de seus netos confiscados; porque Messias não pode ter o seu telefone? Heleno precisa entender que Messias é suspeito de ter cometido crime. Há uma investigação aberta. As forças armadas que cumpram a sua função; não se intrometam na política. Estão defendendo um investigado.

A fala de Heleno e o apoio que recebe é uma obstrução a justiça, me parece; não seria? Heleno ficava tão indignado com os crimes de corrupção atribuídos a Lula. Onde está a indignação agora? A indignação era pela corrupção ou por ser Lula o símbolo maior da emancipação do povo pobre do brasil?

Lamentável que o alto oficialato das forças armadas venha a se achar no direito de impedir a investigação do mesmo tenente que em estranho julgamento eles inocentaram. Parecem querer lançar o brasil numa guerra civil. Parece. Seria vantajoso para eles afinal nessa possível guerra apenas eles e as milícias bolsonaristas estão armados. Militares institucionalmente se intrometerem na política é sempre uma covardia.

Eles não têm o direito de se imporem a 220 milhões de pessoas. Se o fizerem terão traído mais uma vez a nação que ainda nem existe. É revoltante.

Messias Bolsonaro tem que ser investigado como qualquer cidadão, com pleno direito de defesa. O direito pleno que Moro roubou a Lula.

Compartilhar: