Joice, Bivar e o barraco na extrema-direita.

Por Altamiro Borges

A extrema-direita nativa parece que está em pânico e entrou em parafuso. Bolsonaristas, quase-bolsonaristas e ex-bolsonaristas não se entendem. Cada dia tem um barraco. É patético, para não dizer risível. A briga mais recente ocorreu entre a deputada federal Joice Hasselmann e o presidente nacional do PSL, o também deputado Luciano Bivar.

A troca de farpas e baixarias se deu no grupo de WhatsApp do PSL – partido que serviu de legenda de aluguel para eleger o “capetão” Jair Bolsonaro, cresceu na onda fascista e hoje está totalmente rachado. Segundo o site Poder-360, que teve acesso às mensagens postadas na semana passada, “a altercação foi recheada de palavrões e ofensas de vários níveis”.

“Mostra a bunda para os bolsonaristas”

A oportunista Joice Hasselmann acusou o chefão da legenda de oportunismo. “O partido baixa a cabeça e a espinha até mostrar a bunda para os bolsonaristas”, disparou a deputada paulista. “O partido não sai de biquíni por aí mostrando a bunda para ninguém”, reagiu Luciano Bivar, deputado pernambucano.

“O presidente da sigla se referia à página ‘Bem Estar com Joice’ no Instagram, onde a deputada já publicou fotos com esse tipo de traje”, explica o site para os que não acompanham essas baixarias preconceituosas do PSL. A antifeminista Joice Hasselmann respondeu ao machista: “O partido já tá sem roupa”.

A briga de ambos, que envolveu vários outros parlamentares, tem como pano de fundo o controle do partido, que hoje tem muita grana em caixa do fundo partidário. Segundo a deputada paulista, o presidente da sigla estaria se curvando às generosas ofertas do laranjal de Jair Bolsonaro e traindo a “militância-raiz” do PSL.

“Fomos idiotas. É isso?”

“Já para NÓS, que fomos leais, que nos fodemos para defender sem condicionais o PSL, o presidente do partido é assim: ‘quem estiver desconfortável com as lambanças do PSL nos últimos anos que se mande para fora!’. MARAVILHA!!!”, disparou Joice Hasselmann no grupo de WhatsApp. E ela ainda prosseguiu, com muitas letras maiúsculas:

Esse “é o preço que pagamos por defender quem está SE FODENDO para gente. Desculpem-me, mas PUTA QUE O PARIU QUE MERDA. Temos aí a prova que NÃO VALEU A PENA, QUE FOMOS IDIOTAS. É ISSO???… Lealdade, Bivar, não é se acadelar”. Uma discussão política de altíssimo nível, civilizada, bem no padrão moral da galera que elegeu essa turma!

Compartilhar: