Nota de pesar da CTB sobre a morte do sindicalista e revolucionário cubano Ramon Cardona

A Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) manifesta o seu profundo pesar pela morte do sindicalista e revolucionário cubano Ramon Cardona. Amigo da CTB e de seus dirigentes, Cardona foi uma destacada liderança sindical de Cuba, coordenou o Escritório Regional da Federação Sindical Mundial (FSM) na América Latina e contribuiu para a construção do Encontro Sindical Nossa América (Esna) e a unidade do sindicalismo classista no continente.

Estudioso do sindicalismo, recentemente ele escreveu e publicou um livro sobre a história da FSM na América Latina, que está sendo traduzido para o português.

Neste momento de tristeza e dor a CTB expressa sua solidariedade aos amigos, amigas, familiares, bem como à FSM e à Central dos Trabalhadores Cubanos (CTC).

São Paulo, 1 de dezembro de 2020
Adilson Araújo, presidente da CTB
Nivaldo Santana, secretário de Relações Internacionais da CTB

Compartilhar: