Mobilização em prol dos aposentados

A situação dos aposentados e pensionistas que recebem acima de um salário mínimo mais uma vez apresenta a perspectiva de que o reajuste seja em valor muito baixo. Segundo o ministro da Previdência, Garibaldi Alves, as negociações estão encerradas neste ano. Essa é uma situação que exige um posicionamento do movimento sindical.

Em primeiro lugar, devemos contestar as declarações do ministro, pois efetivamente mais uma vez não houve nenhuma negociação. E quando ele alega que o assunto deve ser negociado ano a ano, aponta para uma questão que não pode ficar limitada a declarações de dirigentes desta ou daquela entidade. É preciso que o movimento sindical tome atitudes unitárias.

Temos de caracterizar o movimento dos aposentados como de efetivação de Campanha salarial e não apenas de apresentação de reivindicações pontuais desta ou daquela categoria.

A CTB pretende reunir as demais entidades nacionais – da ativa e de aposentados – para uma reunião em que será discutido um calendário de trabalho visando motivar os aposentados das mais diferentes regiões do país a agirem de forma unificada. Temos uma pauta já discutida em outras Plenárias, na qual citamos o percentual de reajuste, a reposição de perdas e outros pontos, como a Secretaria Nacional dos Aposentados e a direção unitária da Previdência e outros.

Vamos à luta!

São Paulo, 26 de outubro de 2012
Wagner Gomes
Presidente Nacional da CTB

Compartilhar: