Está criada a Associação Brasileira de Médicas e Médicos pela Democracia. Por Ion Andrade

POR ION ANDRADE

Um grupo representativo de médicas e médicos de dez estados brasileiros criaram a Associação Brasileira de Médicas e Médicos pela Democracia. A ideia é a partir dessa fundação criá-la nos demais estados. Na agenda da entidade a Carta de Fortaleza, abaixo.

Associação Brasileira de Médicas e Médicos pela Democracia – ABMMD

Carta de Fortaleza

A Associação Brasileira de Médicas e Médicos pela Democracia – ABMMD, fundada em 26 de outubro de 2019, em Assembleia realizada na cidade de Fortaleza-CE, se propõe a construir pontes de entendimento, de escuta, de fortalecimento da unidade de princípios de nossa categoria médica em defesa da democracia, da ética, da vida, da condição humana e da proteção do exercício da medicina em condições dignas de trabalho, de remuneração justa e segurança do vínculo empregatício.

Desenvolverá suas atividades baseada em quatro pontos de ação: defesa do Estado Democrático de Direito, dos Direitos Humanos, do Sistema Único de Saúde e defesa do exercício ético do trabalho médico.

Em relação ao Estado Democrático de Direito, que trata das garantias dos direitos individuais e coletivos, dos direitos sociais e dos direitos políticos, defendemos:

A Constituição Federal como Lei Maior, que estabelece os princípios fundamentais orientadores das decisões nacionais e visa assegurar o exercício dos direitos sociais e individuais, a liberdade, a segurança, o desenvolvimento sustentavel com proteção do meio ambiente e de nossos recursos naturais e a igualdade e justiça como valores supremos.

A Soberania Popular, expressa na escolha livre, universal e democrática dos governantes e no fortalecimento e ampliação dos mecanismos de Consulta Popular e da Democracia Direta e Participativa.

Via Diário do Centro do Mundo

Compartilhar: