Solidariedade a Cuba reúne manifestantes em SP

Na manhã deste sábado (27/07), o Comitê de Paulista de Solidariedade a Cuba promoveu ato em frente ao Consulado Geral dos Estados Unidos em São Paulo. O objetivo do ato era protestar contra o endurecimento do bloqueio econômico que os EUA promovem contra Cuba.

O governo de Donald Trump vem recrudescendo o bloqueio com a aplicação da Lei Helms-Burton, de 1996, cujo título III prevê sanções a empresas e pessoas de países terceiros que negociem em propriedades nacionalizadas por Cuba por ocasião de sua revolução.

O Comitê em Solidariedade a Cuba compreende que a referida lei americana, além de não poder ser aplicada de forma extra-territorial, ou seja, fora dos EUA, é um ultraje a soberania de um país.

Novas manifestações serão programadas pelo Comitê, que tem atuação permanente.

Viva a Revolução Cubana!!!

Compartilhar: