Sindicatos protestam despejando leite no Parlamento Europeu

Centenas de pequenos produtores de leite da Europa realizaram um protesto contra os altos preços da bebida nas ruas de Bruxelas, nesta segunda-feira (26).

Os manifestantes realizaram uma passeata com tratores rurais. O percurso incluiu lugares emblemáticos da cidade, como a Praça de Schuman, a sede da Comissão Europeia (CE) e do Conselho da UE (União Europeia), o Parque do Cinquentenário e a Praça de Luxemburgo.

Diante do Parlamento Europeu, eles despejaram 15 mil litros de leite. Conforme os trabalhadores, atualmente o leite pode ser comprado abaixo do preço de custo, o que coloca em risco a sobrevivência do negócio. Eles reivindicam que o governo europeu eleve os preços do produto em 25% e os controlem, de forma que se tornem menos vulneráveis ao mercado.

“Está na hora de a União Europeia defender os agricultores e consumidores, e não os grandes industriais. Por isso nos reunimos em Bruxelas”, disse o presidente do sindicato belga da organização europeia de produtores de leite EMB, Erwin Schöpges, em entrevista.

Segundo as associações majoritárias de produtores lácteos, a crise econômica, unida à que já é sofrida pelo setor, ameaça a sobrevivência de centenas de fábricas na Europa.

Com agências

Compartilhar: