Morales afirma que Unasul ‘não é apenas uma sigla’

SANTIAGO DO CHILE, 16 SET (ANSA) – O presidente da Bolívia, Evo Morales, disse na noite dessa segunda-feira que a Unasul (União das Nações Sul-Americanas) "não é apenas uma sigla", mas sim um exemplo de organização "para defender a democracia, a igualdade, os direitos humanos e os presidentes legitimamente eleitos por seus povos".

Morales fez esta afirmação após concluir na noite de ontem no palácio de La Moneda, sede da presidência do Chile, uma reunião urgente de presidentes da Unasul para discutir a crise político social boliviana.

Morales se mostrou "surpreendido pela solidariedade dos doze governos" e agradeceu "por esta posição firme de defender a democracia e a unidade do povo boliviano".

"Esperamos que os grupos opositores possam entender esse manifesto da América do Sul", ressaltou o presidente boliviano, manifestando que é importante que a oposição atue "com propostas e não com violência como fazem alguns grupos".

Morales elogiou os acordos da Unasul "para defender a vida, a igualdade, a identidade e a dignidade".

"Pela primeira vez na história sul-americana decidimos entre nós mesmos resolver os problemas da América do Sul", concluiu o mandatário, que já retornou para a Bolívia. (ANSA)

Compartilhar:

Conteúdo Relacionado