Governo peruano faz acordo com mineiros artesanais em greve

O governo peruano fez um acordo com os mineiros artesanais, que estavam em greve, contra um ultimato que exigia a formalização de suas atividades. Na última terça-feira (25) foi feito um acordo no qual os representantes de ambas partes se comprometeram a lutar contra a mineração ilegal.

O acordo foi assinado pelos mineiros artesanais de cinco regiões do país, mas não inclui aos mineiros da região sul das cidades de Puno e Madre de Dios, com quem se buscará dialogar. 

Há uma semana, mineiros de diversas regiões do país chegaram em marcha  em Lima para protestarem contra o ultimato feito pelo governo para que formalizassem suas atividades. Desde então, cerca de cinco mil trabalhadores acampam em uma praça da capital peruana e caminham diariamente até o centro da cidade.

Cornejo ratificou que não haverá prorrogação para a formalização depois do dia 19 de abril e advertiu que o governo não negociará com os sindicatos que não interromperem a greve.

O país pretende formalizar o setor para que paguem impostos, melhorem as condições de trabalho e evite a contaminação ambiental com resíduos utilizados no processo.

O Peru é o quinto produtor mundial de ouro, as autoridades estimam que existe cerca de 70 mil mineiros informais no país.

Fonte: TeleSUR

Compartilhar: