FSM emite nota de apoio à luta da classe trabalhadora francesa

Em nota publicada nesta terça (11) a Federação Sindical Mundial (FSM) divulgou nota em solidariedade a classe trabalhadora francesa em luta neste momento. A nota se refere às manifestações dos “coletes amarelos” na França – os gilets jaunes. 

“A FSM, como organização sindical e internacionalista, pede que seus membros protestem em 14 de dezembro nas embaixadas francesas em seus países”, diz a nota.

Na nota, a Federação informa que os trabalhadores e trabalhadoras organizam para esta sexta (14) greves e protestos com diversas bandeiras, entre elas:

– Aumento do salário mínimo
– aumento das pensões
– Medidas de segurança social
– Saúde pública gratuita

Leia íntegra da nota:

Portal CTB

Compartilhar: