Forças Armadas venezuelanas rechaçam ameaças dos EUA e reafirmam defesa da Constituição e condenação ao golpe

A Força Armada Nacional Bolivariana (FANB) defende o respeito à constitucionalidade, a paz e o desenvolvimento da Venezuela para enfrentar os intentos golpistas, disse nesta quarta-feira (6) o chefe do Comando Estratégico Operacional, Remigio Ceballos.

“Diante das ameaças intervencionistas do governo dos Estados Unidos temos uma força armada que tem entre suas tarefas fundamentais a defesa militar, a cooperação na manutenção da ordem interna e a participação ativa no desenvolvimento nacional”, destacou o líder militar em entrevista à Telesul.

A FANB está construída como uma força de paz, humanista e ao mesmo tempo preparada para fortalecer a capacidade defensiva da nação, sublinhou.

“Na Venezuela a soberania é exercida através do texto constitucional e do voto e isto é o que estamos defendendo”, disse a propósito da convocação feita pela elite opositora ao apoio dos militares ao estabelecimento de um governo paralelo no país.

De acordo com Ceballos, a consciência patriótica e o espírito combativo são as armas mais poderosas de um civil ou militar e isso “ninguém vai romper porque ademais temos uma carga histórica de grande sentimento de defesa da pátria”.

“Através da Carta Magna vamos defender a pátria, suas instituições, porque fazemos um juramento de até perder a vida se for necessário e não abandonar jamais nossos superiores”, ressaltou.

Nessa contexto, as forças armadas venezuelanas realizam desde o final de janeiro a preparação dos exercícios cívico-militares a propósito dos 200 anos do Congresso de Angostura.

A preparação do cenário nacional para as manobras militares, que se desenvolverão de 10 a 15 de fevereiro, ratifica o compromisso das forças militares com a defesa da nação, esclareceu o presidente Nicolás Maduro.

Estas ações se realizarão com a finalidade de garantir a preparação e a coesão da FANB, assim como fortalecer a capacidade defensiva do país.

Fonte: Resistência, com Prensa Latina

Compartilhar: