Vigilantes ocupam a av. Paulista por salário digno e valorização da categoria

ato vigilantes2

Na última terça-feira (16), dezenas de trabalhadores em vigilância no estado de São Paulo ocuparam a avenida Paulista em protesto contra a situação da categoria, que enfrenta péssimas condições de trabalho, insegurança e achatamento salarial. A categoria critica o acordo fechado entre o Sindicato e os patrões, que inclui apenas 3% de reajuste salarial.

“Não queremos migualhas, nem esmolas. Queremos um salário digno. Não vamos aceitar esse acordo vergonhoso fechado, que só prejudica a categoria”, afirmou Damião, coordenador-geral da Oposição.

O protesto, organizado pelo Oposição à atual diretoria, começou em frente ao prédio do Masp e seguiu em direção ao centro da cidade. Com faixas, banners e cartazes, os trabalhadores condenavam a postura intransigente dos dirigentes do sindicato, e a forma violenta como os trabalhadores são tratados.

“Essa proposta é ridícula. O que o sindicato tem feito é um absurdo. Todas as categorias alcançaram um aumento acima da inflação. Só os vigilantes receberam esse reajuste ridiculo de 3%. Queremos um aumento digno, acima da inflação”, defendeu um dos manifestantes.

Fonte: CTB-SP

Compartilhar: