Trabalhadores protestam em unidade da Petrobras em Salvador

As atividades na Fazenda Bálsamo, na Região Metropolitana de Salvador, foram suspensas parcialmente no início da manhã da  última quarta-feira (23). A manifestação faz parte do movimento de paralisação que atinge a ELFE, uma das empresas da unidade e prestadora de serviço da Petrobras. A pista foi fechada durante parte da manhã em protesto à falta de diálogo da ELFE nas negociações.

Com a paralisação geral da unidade, a Petrobras resolveu mediar uma negociação entre o Sindicato e direção da ELFE. A reunião terminou com uma proposta que será avaliada pelos trabalhadores em assembleia ainda nesta quinta-feira. “O protesto mostrou a força do metalúrgico, tanto que fomos chamados para negociar”, diz um dirigente sindical.

elfe-1

Entre as propostas, está o pagamento de adiantamento quinzenal, que seria de 40% no dia 20 de cada mês, a partir de junho. Outros itens, como reajuste do tíquete alimentação e do tíquete lanche, jornada de trabalho, também fazem parte das reivindicações.

Fonte: Sindicato dos Metalúrgicos da Bahia

 

Compartilhar: