Trabalhadores da Unicamp elegem Chapa da CTB para comandar STU

eleicoes apuracao STU

Terminou na madrugada do último sábado (12), com a vitória da Chapa 2 – da CTB -, o processo eleitoral para a escolha da nova diretoria do Sindicato dos Trabalhadores da Unicamp (STU), realizado entre os dias 08 e 10 de abril.

Foram coletados 2.049 votos no processo que contou com cinco chapas: vencedora, a Chapa 2 – Alerta Unicamp – Compromisso com o Trabalhador, recebeu 562 votos, contra 530 da Chapa 4, 338 da Chapa 3, e 281 da Chapa 1. Do total, 136 anularam o voto e 77 votaram em branco.

Todas participarão da nova diretoria por terem sido eleitas de forma proporcional direta e qualificada, obtendo no mínimo 10% dos votos válidos (1.825), de acordo com os termos do Artigo 47 do Estatuto do STU.

Somente a Chapa 5 – STU para Todos Unidade e Luta – ligada à CUT, que obteve 108 votos, não alcançou o percentual mínimo estabelecido, ficando fora da próxima gestão do sindicato.

A apuração foi acompanhada pelos representantes e fiscais das chapas, suas respectivas assessorias jurídicas. Marcaram presença ao longo do pleito a direção do DCE da Unicamp, da Fasubra Sindical e dirigentes da CTB, Intersindical, da Conlutas e de sindicatos parceiros.
Proporcionalidade

A proporcionalidade na composição da diretoria é um modelo eleitoral em que todas as chapas concorrentes podem fazer parte da direção, de acordo com o número de votos que receberem e o percentual mínimo estabelecido pelo pleito, que neste caso foi de 10% dos votos válidos.

Esta proposta torna mais democrática a gestão do STU, já que a categoria tem a possibilidade de ampla representação através dos diversos coletivos eleitos.

O modelo de gestão foi instituído no XII Congresso dos Trabalhadores da Unicamp, realizado em novembro do ano passado.

A cerimônia de posse da nova direção acontece no próximo dia 30.

Portal CTB com STU

Compartilhar: