Trabalhadores da Offshore oficializam filiação à CTB

Na última quarta-feira (14), o Sindicato dos Trabalhadores Offshore do Brasil (Sinditob) oficializou sua filiação à Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB).

A direção do Sinditob há muito tempo dialogava com a CTB-RJ para viabilizar a filiação, que foi consagrada num grande ato político, que contou com a particpação da categoria que aplaudiu a iniciativa da direção.

“Os trabalhadores terceirizados na plataforma de petróleo, compõem uma categoria muito importante. Considerado um setor estratégio para as centrais sindicais”, destacou o sindtob3presidente da CTB-RJ, Ronaldo Leite.

De acordo com o dirigente, com a filiação a CTB passa a incorporar a principal bandeira do Sindicato, que é a redução da jornada da categoria.

A direção do Sinditobo está mobilizando a categoria para alcançar a jornada constitucional que é 14×21, que é a equiparação do direito à redução da jornada de trabalho para trabalhadores em regime de confinamento nas plataformas de petróleo em alto mar.

Fundado em 1993, o Sindicato dos Trabalhadores Offshore do Brasi luta pelos direitos dos trabalhadores das empresas do setor petrolífero que exercem suas atividades na extração, prospecção, perfuração e operações especiais em alto mar nas atividades fins e meio. A entidade é presidida pelo vereador de Macaé, Amaro Luiz (PSB-RJ) e tem cerca de 100 mil trabalhadores no território nacional.

Portal CTB com CTB-RJ

 

 

 

Compartilhar: