Encontro aberto amanhã (30) discute a crise hídrica em SP

ALESP

O Sintaema promoverá nesta quinta-feira (30) um evento de discussão sobre os possíveis desdobramentos da crise hídrica de São Paulo. O evento será iniciado às 14h, na própria sede do Sintaema, e discutirá a adoção de medidas contra a seca e contra o governo Alckmin.

As denúncias noticiadas na grande imprensa, vazada de uma reunião da cúpula da Sabesp, revelam o esquema montado pelo governo tucano para esconder da população a gravidade da crise hídrica em São Paulo. Segundo áudio da presidenta da Sabesp, Dilma Pena, houve uma orientação de seus “superiores” (leia-se: a cúpula do governo estadual) para que se escondesse deliberadamente o fato de estar havendo uma crise até que estivessem passadas as eleições. A executiva considerou a ordem um “erro”.

A CTB convida todos os movimentos sociais a participarem desse diálogo e mobilizarem-se em defesa da vida da população. 

“Precisamos da ajuda de todos na mobilização dos movimentos sociais”, diz Adilson Araújo, presidente da CTB nacional. “Como disse Rene Vicente, presidente do Sintaema, ‘vai faltar água em São Paulo'”, completa.

Renato Bazan – Portal CTB 

Compartilhar: