Sindsaúde da Bahia cobra perdas salariais de servidores de Santo Estevão

reuniao-santo-estevao4

Uma alternativa para compensar as perdas salariais dos servidores da saúde do município de Santo Estevão (BA) será estudada pela prefeitura da cidade, até que o Plano de Cargos Carreiras e Vencimentos (PCCV) seja executado.

Essa foi a contraproposta apresentada pelo executivo durante reunião realizada entre a diretoria do Sindsaúde (Sindicato dos Trabalhadores em Saúde  da Bahia), os trabalhadores e o prefeito Orlando Santiago, na última sexta (26). Uma nova reunião será realizada no próximo dia 15 de agosto, às 14 horas.

Durante o encontro, que aconteceu no gabinete do prefeito, a diretoria do Sindsaúde cobrou a implantação imediata do PCCV, aprovado em 2012. O sindicato lembrou que a tabela salarial dos servidores da saúde está defasada, e ressaltou que os trabalhadores já poderiam ser beneficiados através do enquadramento por tempo de serviço, caso o plano já estivesse em execução.

O prefeito da cidade admitiu a defasagem salarial e alegou insuficiência de recursos nos cofres públicos. Ele se comprometeu em pedir a Procuradoria Geral do Município um estudo sobre a possibilidade do pagamento de uma gratificação ou abono para os profissionais, até que a implantação do PCCV seja concretizada. O sindicato alertou ao prefeito que uma solução deverá ser adotada antes do início de 2014, para evitar que os servidores acumulem um ano de perdas salariais, além do reajuste através da promoção por qualificação que passará a valer no próximo ano.

Fonte: Sindsaúde

Compartilhar: