Presidente do Sinteam, Marcus Libório, diz que PL 4330 prejudica a educação

 

Marcus Libório, presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Amazonas (Sinteam), grava vídeo no qual critica veementemente o projeto de lei 4330/2004 que escancara a terceirização, precariza as relações de trabalho e retira direitos trabalhistas com o rebaixamento de salários e aumento da rotatividade de mão-de-obra, além de ser prejudicial à educação. Para ele o projeto político pedagógico das escolas é que garante a identidade com a comunidade e com a participação de todos é que se pode conquistar uma educação de qualidade. Com a terceirização, essa identificação fic acomprometida, segundo o sindicalista. Pelo trabalho decente e por uma educação pública boa para todos, Libório ataca o PL 4330.

Marcus Libório, presidente do Sinteam, ataca PL 4330/2004:

 

Portal CTB

Compartilhar: