Pará – Ato contra as privatizações, em defesa da educação e da Amazônia

 

A CTB Pará participou do ato em defesa da Soberania Nacional e contra as Privatizações, na quinta-feira 03/10, no mercado de São Brás (Belém/PA). Várias lideranças sindicais, partidárias, estudantis, comunitárias, trabalhadores portuários e petroleiros via suas organizações como as Centrais Sindicais, Frentes Brasil Popular, Povo Sem Medo e Partidos Políticos marcaram presenças.

O evento correu no dia de aniversário de 66 anos da Petrobrás. “A defesa da soberania do país, da Amazônia, da educação e dos portos são indispensáveis para a classe trabalhadora e o Brasil,” afirmou o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Serviços Portuários no Estado do Pará e Amapá (Sindiporto), Dalton Beltrão.

Ellana Silva, presidenta da UJS Pará, disse que “ruas são palco de denúncias dos cortes de verbas na educação e do sucateamento das universidades e da saúde e do desmonte do SUS”, e completa, neste outubro-rosa,  que “o SUS é o maior pleno de saúde das mulheres trabalhadoras e da juventude vitimas de violências de toda ordem, e defender o SUS é defender a vida das jovens desprovidas e desamparadas de condições materiais num momento de crise e desemprego alarmante”.

Cleber Rezende, presidente da CTB/Pará, disse que para os amazônidas a defesa das estatais, entre estas o Banco da Amazônia, e contra as privatizações, a defesa da aposentadoria e contra a reforma previdenciária, defesa da educação e da Amazônia é, sobretudo, “a defesa da soberania nacional e dos interesses dos brasileiros/as”. Interesses estes atacados diuturnamente pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL) e seu superministro entreguista Paulo Guedes.

Para a CTB Pará, realizar o ato no aniversário da Petrobras, enquanto a principal estatal brasileira é relevante na campanha nacional contra as privatizações do patrimônio, levada a cabo pelo governo Bolsonaro. Da mesma forma, sermos contra as privatizações dos portos e dos bancos públicos, a CTB defende é a retomada do desenvolvimento econômico e social do Brasil e do Pará, para a geração de empregos e distribuição de renda a classe trabalhadora.

Compartilhar: