No 15º dia de greve, Bahia fecha 827 agências bancárias

Os bancários fazem uma greve histórica em termos de participação. Os bancos mantêm o silêncio com o objetivo de cansar a categoria, mas a tática dá resultados contrários. Em 15 dias de paralisação, o número de agências fechadas na Bahia chega a 827. Da base do Sindicato são 468 unidades sem atendimento, 290 em Salvador.

Em todo o estado, os bancos públicos fecharam 259 unidades. O Banco do Brasil lidera com 128, seguido da Caixa (113) e BNB (18). Os bancários dos privados também continuam firmes. Ao todo, 209 agências estão paradas. Bradesco tem 92. Itaú, 66, Santander, 31, e HSBC, 16. Os demais bancos, juntos, somam oito.

Os trabalhadores reivindicam 11,93% de reajuste salarial (5% de aumento real, além da inflação projetada de 6,6%), PLR (Participação nos Lucros e Resultados) de três salários mais R$ 5.553,15 e vales alimentação, refeição, 13ª cesta e auxílio creche-babá no valor de R$ 678,00 ao mês para cada.

Fonte: Sindicato dos Bancários da Bahia
Foto: João Ubaldo


Leia também: Diante da pressão patronal, greve dos bancários cresce a cada dia

Compartilhar: