Metalúrgicos da Bahia fazem protesto na BR 324 por causa da demissão em massa na Toshiba

Toshiba

Os metalúrgicos da Bahia fizeram um protesto nesta segunda-feira (16) na BR 324, trecho de Águas Claras, em Salvador, por causa do fechamento da Semp Toshiba, anunciado no dia 29 de novembro. Segundo o Sindicato da categoria, como aconteceu na semana passada, a manifestação parou apenas ônibus de empresas da  Região Metropolitana de Salvador, das 6h30 às 8h30.

“Depois de anos de dedicação ao trabalho, os quase 300 funcionários, grande parte lesionada, perderam o emprego. Esse foi o presente de natal da empresa: demissão em massa. A Toshiba não deu nem chance de negociação”, diz Adson Batista, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos da Bahia.

Nos últimos dias, a entidade tem buscado uma alternativa para evitar as demissões. Mas, nas audiências mediadas pelo Ministério Público do Trabalho, a Semp Toshiba se mostrou irredutível e decidida a fechar as portas. Instalada na Bahia há 15 anos, a empresa contou durante todo esse período com incentivos fiscais, mas agora alega dificuldades com a “elevação do dólar”.

“O próprio balanço financeiro da empresa mostra que ela não tem motivos para deixar a Bahia. Agora, nossa preocupação é garantir o pagamento das rescisões, indenizações e a preservação dos direitos dos trabalhadores, principalmente dos lesionados, vítimas de acidentes e doenças do trabalho, conforme pauta dos trabalhadores discutida no Ministério Público”, finaliza Adson Batista.

Fonte: Fetim BA

Compartilhar: