Cetebista pede exoneração da Secretaria de Agricultura na Paraíba

ze goncalves ctb

O dirigente da CTB José Gonçalves solicitou ao Governador Ricardo Coutinho a sua exoneração da Secretaria Executiva da Agricultura Familiar na Paraíba na última quinta-feira (26) e o Partido indicará outro nome para assumir essa tarefa no Estado. O secretário anunciou hoje a sua saída numa entrevista concedida ao jornalista Wandecy Medeiros, na Rádio Espinharas.

De acordo com o sindicalista, que estava há um ano à frente da Secretaria Executiva da Agricultura Familiar na Paraíb2a, o trabalho realizado junto aos movimentos sociais, especialmente aos assentados e assentadas da Reforma Agrária, das Comunidades quilombolas, das comunidades ciganas e indígenas, associações, sindicatos de trabalhadores rurais, como também em diversos municípios, em parceria com os gestores municipais, levando as políticas públicas definidas pelo governador Ricardo Coutinho foi de fundamental importância para melhorar a vida do povo paraibano. “Eu inverti a ordem, pois antes desses segmentos sociais me procurarem, eu que a procurava, para reunir, discutir e encaminhar as demandas, pois é assim que o governador Ricardo Coutinho trabalha” enfatizou.

Gonçalves assumirá a presidência do Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais de Patos e Região (Sinfemp), em virtude de problemas de saúde da atual presidente Carminha Soares, que terá que se afastar das atividades sindicais enquanto se recupera de problemas de saúde. “Fui eleito pelos servidores municipais e tenho esse compromisso com a luta das mais diversas categorias em Patos e mais 20 municípios e jamais iria deixar de assumir a entidade, no momento em que a presidente Carminha Soares enfrenta problemas de saúde e precisa se afastar da entidade até sua recuperação completa, pois o meu compromisso é com a luta”.

O sindicalista José Gonçalves, sempre se definiu no campo de luta dos trabalhadores e servidores municipais, pois em 2013 deixou de assumir a Secretaria de Meio Ambiente em Patos e agora pede exoneração de uma Secretaria de Estado. Ele foi um dos secretários mantidos no segundo mandato do governador Ricardo Coutinho, pelo trabalho desempenhado em todo o Estado da Paraíba.

Dentre as primeiras medidas que serão tomadas pelo presidente em exercício José Gonçalves, diz respeito a Campanha Salarial 2015 dos servidores de Patos e Região, onde será definido nesta segunda-feira, um calendário de mobilização nos 21 municípios e em Patos será marcado a segunda paralisação dos servidores, pois apenas os professores tiveram aumento salarial. “ Vamos percorrer todos os municípios, os locais de trabalho, cobrar os aumentos salariais e demais reivindicações dos servidores municipais, pois essa tese de crise está servindo de pretexto para muitos prefeitos que não querem conceder o aumento salarial aos servidores municipais”, disse o sindicalista.

 

 

 

Compartilhar: