CTB-RJ manifesta pesar pelo falecimento de Manuel Crispim

Faleceu nesta quarta-feira (5) Manoel Crispim Flores, após acidente de carro em Araruama. Ele era dirigente do Sindicato dos Trabalhadores da Saúde e Previdência Social do Estado do Rio de Janeiro e compunha a direção nacional da central sindical CSP-Conlutas. A CTB Rio de Janeiro manifesta seu pesar e solidariedade aos amigos, familiares e companheiros de militância de Manuel Crispim.

Dirigente da CTB e do Sindsprev, Maria Celina de Oliveira declarou que se trata de “uma perda muito grande” e comentou a atuação de Crispim: “Ele era um militante bastante ativo e que realizava um bom trabalho no Sindsprev, em especial na Região dos Lagos. Era um militante da causa antirracista que nos deixa muito jovem e que fará muita falta”. Manuel Crispim tinha 50 anos, era militante do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) e dedicou a maior parte de sua vida à luta dos trabalhadores da Seguridade Social e ao combate do preconceito racial. Ele deixa mulher, três filhos e um neto recém-nascido, além dos amigos e companheiros de militância.

Na véspera de sua morte, participou de uma série de atividades sindicais na Região dos Lagos, percorrendo locais de trabalho do INSS e da Saúde. O acidente ocorreu em Araruama, onde o carro que dirigia se chocou com outro veículo. Ele estava sozinho e faleceu na hora.

Fonte: CTB-RJ com informações de Sindsprev-RJ

Compartilhar: