CTB Regional São José do Rio Preto (SP) faz revolução através da Cultura

A CTB São Paulo Regional em São José do Rio Preto vem construindo um projeto inovador que agrega trabalhadores e trabalhadoras, artistas, músicos, atores e população em um só espaço para fazer cultura alternativa.

O Quintal Cultural CTB, como é chamado, tem diversificado suas ações traduzindo os mais diversos estilos que vão do teatro até apresentações de bandas, artistas e cantores da região.

De acordo com o dirigente da CTB, Alex Cardoso, coordenador do projeto, é uma das formas de levar a cultura para os trabalhadores e trabalhadoras, a exemplo da seção de cinema Produções Abolicionistas com o filme “Quanto vale ou é por Quilo?”; e o Grupo de Teatro Além da Arte, que utilizou o espaço para seus ensaios, além da Semana do Hip Hop, a Feijoada Cultural.

ctb quintal cultural3

“O intuito é fomentar a cultura, não é um centro cultural ou um local de baladas. O Quintal Cultural é um espaço comum para trocas de ideias e arte que visa ser mais um entre os muitos núcleos de formação social, onde artistas, atores, músicos, fotógrafos, jornalistas e poetas encontrem um local que sirva de ponto de apoio para a inclusão social”, destacou Alex Cardoso.

Octb quintal cultural sindicalista revela inclusive, a intenção de criar o espaço da Juventude Trabalhadora, que servira de local de encontro entre jovens trabalhadores, movimentos estudantis, movimentos sociais de juventude para debates, articulações, projetos e socialização popular. “Queremos que os trabalhadores, trabalhadoras e seus dependentes utilizem nossa sede e tenham acesso às informações de cunho político, abrindo a mente para o mundo e mercado de trabalho. É uma maneira de levar conhecimento através da cultura com visão classista e progressista!”, afirmou.

No ultimo dia 28 de junho, o Quintal Cultural CTB sediou mais um entre amigos ao som de muito Hip Hop. A apresentação foi do Mc Rapadura e Xique-Chico. Reconhecido no segmento, Rapadura cantou seus sucessos, em parceria com mais 3 Dj’s e Taroba, músico da região.

“O mais bacana é ver que as pessoas estão procurando o Quintal para apresentarem seus trabalhos artísticos de diversas maneiras e a aceitação da população, que faz o Projeto Social se concretizar a cada dia”, ressaltou o dirigente da CTB.

Fonte: CTB Regional São José do Rio Preto

   

Compartilhar: