CTB-PI cria Grupo de Trabalho “Sindicalistas e Trabalhadores Rurais”

A seção estadual da CTB no Piauí lançará, na próxima quinta-feira (3), o Grupo de Trabalho dos Sindicalistas e Trabalhadores Rurais, que vai apurar os crimes cometidos contra os mesmo durante o período da ditadura militar (1964-1985). Esse GT será composto por centrais sindicais, sindicatos e entidades civis organizadas. O evento ocorrerá a partir das 11 horas, no Auditório da Fetag. 

O Grupo de Trabalho da Comissão da Verdade no Piauí conta com o apoio da presidente estadual da Federação dos Trabalhadores na Agricultura, Elisangela Moura e de toda a Diretoria da Fetag-PI. O lançamento do Grupo de Trabalho da Verdade no Piauí, contará com a presença do presidente Nacional da CTB, Adilson Araújo, que fará um debate sobre a conjuntura política vivida por sindicalistas durante o regime militar. 

O GT irá produzir documentos em texto, fotografias e vídeos, por meio de depoimentos dos trabalhadores que foram torturados ou pessoas que tenham parentes mortos, principalmente militantes políticos, estudantes, sindicalistas e camponeses. Para as coletas de informações, será montada uma equipe de pesquisadores e colaboradores coordenados pelo presidente estadual da CTB e geógrafo, o professor Elton Arruda, o historiado e professor Cícero Damásio e pelo jornalista e fotógrafo Marco Gomes.

 

Fonte:CTB-PI

Compartilhar: